Ultimas Sugerencias

Controlando a tração

13/01/2021
Controlando a tração

Artigo escrito por Alexandre Costa Alpha Consultoria

 

Os apaixonados por carro, são também muitas vezes, amantes de modelos potentes. Os esportivos se destacam no imaginário automotivo pela capacidade de gerar cavalos e mais cavalo de potência bruta, empurrando bólido pelas ruas em poucos segundos. Mas esses mesmos entusiastas automotivos sabem que de nada vale ter toda potência do Mundo no motor se não consegue transferi-la para o solo de forma eficiente. Isso só causa derrapagens e perda de tração desnecessária, o que torna a condução insegura.

 

Um artifício simples para resolver essa questão seria justamente aumentar o peso total do veículo, principalmente sobre as rodas de tração, o que ajuda a pressionar os pneus contra o asfalto, melhorando assim a aderência. Porém, maior peso significa menor desempenho, e isso não é nada bom. Diante desse dilema os engenheiros imaginaram que com uma ajudinha da eletrônica seria possível transferir o torque do motor de forma eficaz para as rodas. Surgiu aí o Controle de Tração.

 

Esse sistema utiliza os componentes do ABS com algumas atualizações para identificar o momento em que o excesso de potência transferido para as rodas causa patinação dos pneus. Isso é possível graças aos sensores de velocidade instalados em cada uma das rodas que leem a rotação e informação a central eletrônica para que ela possa identificar a condição de perda de tração. Esse momento é caracterizado justamente pelo ganho repentino de velocidade de uma ou das duas rodas de tração do carro. Nessa situação a central de controle da injeção eletrônica, atuando em conjunto com o ABS, reduz a potência do motor de modo a retomar a aderência nas rodas. Se a situação permanece, o ABS freia a roda que está girando em falso de modo a entregar a tração ao solo.

 

De tão eficiente que é o sistema, que o CT atualmente não é um item limitado a veículos de alto desempenho. Não mesmo! Com a mudança nas legislações e a obrigatoriedade do ABS muitas Montadoras já estão equipando seus veículos com esse sistema, com ganhos significativos na segurança. E, com a popularização do sistema, aquela breve cantada de pneus na saída de um semáforo ou na subida de uma rampa será algo do passado.

 

Controlar a tração é algo fundamental para uma condução segura, mas mais importante ainda é manter os componentes dos freios em bom estado. Isso vale também para os pneus, afinal o CT apenas age na relação entre a entrega de torque do motor para as rodas. A aderência da borracha, e a consequente eficácia do sistema vai depender muito do nível de desgaste dos pneus, que caso estejam bastante degradados ou acima do limite permitido retardarão a ação do sistema.

 

Por isso, mantenha a manutenção do seu carro em dia para poder curtir viagens de forma segura! Até o próximo HIPPERDICAS!

 

 

MAIS HIPPERDICAS:

 

- Atualmente o CT é encontrado até em modelos populares;

- O CT foi testado e desenvolvido na F1 antes de chegar as ruas;

- Pneus gastos reduzem a eficiência do CT, principalmente se estiverem nas rodas motrizes.

Suscríbase a nuestro
Newsletter
Acompaña las Novedades