Ultimas Sugerencias

Troca e programação de freio traseiro com assistência eletrônica

23/04/2021
Troca e programação de freio traseiro com assistência eletrônica

Procedimento com Professor Pedro Luiz Scopino: Troca de discos de freio traseiro do Ford Fusion com a aplicação de componentes Hipper Freios com tecnologia Niobium Steel e retífica cruzada Hipper Grinding.

 

Para um serviço no sistema de freio traseiro de um Ford Fusion 2014, primeiro devemos analisar o desgaste das pastilhas de freio traseiro e também dos discos de freio, neste caso a espessura mínima é de 9 mm. Sempre elevar o veículo com segurança em elevador ou macaco jacaré com uso de cavaletes de segurança, soltar e retirar as rodas.

 

Para uma correta substituição, sendo um modelo premium, que possui o acionamento do freio de estacionamento via botão, ou seja, uma assistência do freio de estacionamento eletrônico, devemos antes da desmontagem fazer o afastamento, ou retorno dos motores elétricos, primeiro acionando o botão do freio para soltar o freio traseiro, e depois, com o auxílio de equipamento de diagnóstico habilitado, entrar em sistema de freio ABS, atuadores ou ajustes, e entrar na função: “modo manutenção freio de estacionamento integrado eletrônico”.

 

Observa-se que essa função pode mudar dependendo do scanner em questão. Depois desse retorno dos motores elétricos, vamos primeiro retirar as pastilhas de freio, e devemos fazer o retorno da linha de pressão hidráulica do freio, abrindo o sangrador, colocando uma mangueira e um recipiente de contenção, que pode até ser uma garrafinha pet, e recuar os êmbolos ou pistões da pinça traseira até o final. Agora com o motor elétrico recuado e o acionamento hidráulico recuado, podemos retirar os discos de freio.

 

Neste modelo devemos fazer a aplicação do disco Hipper Freios código HF15J com a tecnologia Niobium Steel, onde conta como característica uma diminuição da temperatura de trabalho, mesmo em situações extremas, aumentando de forma significativa a eficiência de frenagem na linha premium de veículos.

 

Fazer a aplicação do novo disco de freio, sempre medir antes com relógio comparador e base magnética o empenamento máximo do cubo que deve ser de 0,05 mm, novas pastilhas de freio, repetir o processo do outro lado. Executar a troca e sangria do fluído de freio e acionar o pedal algumas vezes para ter certeza de que o êmbolo ou pistão estão devidamente encostados nas pastilhas e essas nos discos.

 

Novamente com o auxílio do equipamento de diagnóstico, executar a ação de acionamento e sair da função: “modo manutenção freio de estacionamento integrado eletrônico”. Montar as rodas, abaixar o veículo e aplicar o correto torque nas rodas.

 

Executar um teste de rodagem em local seguro e com pouco movimento de veículos, mas lembrando que todo disco de freio com a tecnologia Niobium Steel, possui também a retífica cruzada Hipper Grinding que permite um rápido assentamento do novo freio.

 

COMENTÁRIOS DE REPARADOR PARA REPARADOR:

 

"Para um serviço de freio traseiro, você amigo reparador deve valorizar a mão de obra, cobrando por um serviço de grande responsabilidade. Afinal de contas, estamos trabalhando com sistemas de segurança, o freio do veículo.

E se o freio traseiro, ainda possui o sistema de freio de estacionamento eletrônico tem mais tecnologia envolvida, afinal de contas, será necessário ter equipamentos e treinamentos para o recuo dos motores de cada roda traseira, para efetuar a troca dos discos e/ou pastilhas, e depois o reposicionamento dos motores do freio de estacionamento. Portanto valorize a mão de obra sempre!"

 

- Pedro Luiz Scopino

Suscríbase a nuestro
Newsletter
Acompaña las Novedades